Helsinque

Vida de Engenheiro de Software em Helsinque, na Finlândia, com Pedro Pessoa

No episódio de hoje, o Pedro Pessoa, que é Engenheiro De Software e está morando em Helsinque, nos conta como ele tomou a decisão de mudar de país, como é morar lá,  e também como é o mercado de TI na Finlândia.

Tudo começou quando Pedro estava na faculdade e foi aprovado no antigo programa do governo brasileiro chamado “ciências sem fronteiras” para fazer parte da sua graduação numa faculdade dos Estados Unidos e conta que o início não foi fácil, lá ele ficou por 1 ano e meio, onde conheceu sua atual namorada que é da Finlândia.

Ao fim do seu intercâmbio, ele teve que voltar ao Brasil para terminar sua graduação e continuou o namoro a distância com pequenas visitas no decorrer do tempo, até que no fim da sua graduação onde faltava apenas entregar o tcc, resolveu fazer as malas e tentar a vida na Finlândia ao lado da sua namorada.

Ele conta que antes de chegar a Finlândia, optou por tirar sua cidadania italiana que tinha direito devido ao seu avô que era italiano, pois não queria ir morar na Finlândia dependendo de visto. Por isso, passou 6 meses na Itália resolvendo todo o processo burocrático para sua cidadania, assim que conseguiu seus documentos foi direto para Finlândia.

Logo que chegou começou a mandar currículo para as empresas e graças a alta demanda na área de TI na Finlândia, logo conseguiu um emprego e hoje atua como Dev mobile.

A adaptação na Finlândia

A dica que ele dá para quem vai morar fora é fazer amizade, ele conta que dedicou os 6 meses iniciais na Finlândia para construir amizades, principalmente com as pessoas da empresa em que começou a trabalhar.

Pedro conta que não teve dificuldade em fazer amizades pois já chegou com amigos “herdados” da namorada, então não se sentiu sozinho ou deslocado, fazendo ele se adaptar mais facilmente. No trabalho ele também conta que não teve dificuldades já que eles são bem inclusivos, fazendo ele se sentir parte daquele ambiente.

Qualidade de vida e as vantagens de morar na Finlândia

O tempo fora do trabalho é muito respeitado e ele já foi advertido até mesmo pelo chefe por estar trabalhando dentro do escritório fora da sua hora de trabalho.

Dentre as coisas para fazer na Finlândia, ele cita a apreciação da natureza pois lá tem bastante paisagem digna de cartão postal e claro, a experiência das famosas saunas, que é algo muito tradicional do país.

O alto custo de vida na Finlândia

As coisas na Finlândia são muito caras, principalmente hospedagem e por isso, muitas vezes, os próprios finlandeses preferem viajar para fora do país do que visitar lugares dentro do país. Questionado sobre o frio na Finlândia, ele disse que não teve muita dificuldade de se adaptar, que é só se agasalhar bem que dá pra ficar confortável, o único problema mesmo é a falta de sol que é muito comum no norte da Europa, as pessoas ficam deprimidas e por causa da falta do sol, precisam inclusive repor vitamina D.

Quer ouvir essa história completa, dá play aqui no Spotify ou vai lá no YouTube:

Nos siga nas nossas redes sociais: https://solo.to/tpa

Vida de Engenheiro de Software em Helsinque, na Finlândia, com Pedro Pessoa #33

Hoje a conversa é sobre um dos Países Nórdicos, a Finlândia.

E o Pedro Pessoa, um antigo colega de trabalho, vai nos contar a jornada dele de se mudar para a Finlândia ainda antes de conseguir um emprego, e como está sendo morar lá por mais de 4 anos.

📽 Assista no YouTube: https://youtu.be/fWM0AOWCsrk

Mais episódios

Pedro Pessoa

Engenheiro de software na Wolt construindo o “sisu” na Finlândia. Tenho finanças pessoais como hobby, e já fiz algumas festas de firma sofrerem com meu gosto musical como DJ.

https://twitter.com/pedpess